IR 2022: fique por dentro das diferenças entre empresas e pessoas físicas

Entenda As Principais Diferencas Na Declaracao Do Ir 2022 Para Empresas E Pessoas Fisicas Blog - Dynnamik Contabilidade e Auditoria

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Diferenças entre o IR 2022 de empresas e pessoas físicas

Veja, neste guia completo, todas as informações que você precisa para diferenciar os critérios exigidos na declaração do Imposto de Renda para pessoa física e pessoa jurídica. 

Entender as principais diferenças na hora de fazer a sua declaração do IR 2022 para pessoa física e pessoa jurídica evita erros.

Por isso, neste artigo, vamos esclarecer dúvidas a respeito do assunto, como o que é a declaração de IRPF e de IRPJ, os prazos, as dicas e as orientações de como declarar corretamente, bem como quais são as diferenças entre IRPJ e IRPF. 

Continue por aqui e confira!

IR 2022: saiba o que é!

A declaração de Imposto de Renda é o principal recurso que será apresentado a fim de comprovar todos os seus ganhos frente aos seus gastos tributáveis. 

Sendo assim, é fundamental conhecer os critérios de cada uma delas. 

Quais são as principais diferenças entre IRPF e IRPJ?

  • Prazos;
  • Imposto na fonte;
  • Deduções diferenciadas;
  • Alíquotas diferenciadas;
  • Dispensas;
  • Documentação.

Imposto de Renda de Pessoa Física

Prazos

A declaração costuma ser entregue no 1º quadrimestre do ano, dependerá da instrução normativa da RFB sobre a Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física referente ao exercício de 2022, ano-calendário de 2021.

Imposto Retido na Fonte Pagadora

O imposto de pessoa física é retido na fonte de acordo com os valores que foram recebidos durante todo o ano, calculados de acordo com as regras do IR 2022, mas aplicadas mensalmente. 

Se, na apuração anual, verificarmos que foi descontado um valor maior do que deveria, é feita uma restituição.

Deduções diferenciadas: entenda o que são e como acontecem

Nas deduções de pessoas físicas:

  • As despesas médicas são deduzidas integralmente;
  • As despesas com educação possuem um limite anual de R$ 3.561,50 por pessoa;
  • A dedução com os dependentes é de R$ 2.275,08 por dependente. Não há um limite para inclusão de dependentes na declaração;
  • Contribuição previdência privada do tipo PGBL pode ser abatida até o limite de 12% da renda;
  • Recolhimento de INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) de empregado doméstico pode ser abatido até o limite de R$ 1.200,32.

Alíquotas diferenciadas

A pessoa física tem as suas alíquotas diferenciadas conforme a base de cálculo. Os recebimentos podem variar entre as remunerações.

Dispensa da declaração: quais as condições?

As pessoas físicas podem ser isentas de declarar o Imposto de Renda. Veja algumas situações:

  • As pessoas com a posse ou com a propriedade de bens de direito, quando os bens comuns já forem declarados pelo cônjuge ou pelo companheiro, desde que o valor total dos seus bens não seja superior ao valor de R$ 300.000,00 no dia 31 de dezembro 2020. (exemplo de 2021, porque a IN da RFB deste ano ainda não saiu);
  • Os aposentados e os assalariados que receberam abaixo de R$ 28.559,70 em 2020; (exemplo de 2021, porque a IN da RFB deste ano ainda não saiu);
  • Pessoas com alguns tipos de doenças graves: tuberculose ativa, cardiopatia grave, neoplasia maligna, nefropatia grave, AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), paralisia irreversível e incapacitante,  doença de Paget em estados avançados, espondiloartrose anquilosante, esclerose múltipla, fibrose cística (mucoviscidose), hanseníase, contaminação por radiação, doença de Parkinson, hepatopatia grave, cegueira (inclusive monocular) e alienação mental.

Documentos necessários para fazer a declaração do Imposto de Renda

A documentação para a pessoa física é utilizada para comprovar suas condições. Veja os principais documentos: 

  • Endereços; 
  • Comprovantes de imóveis e de automóveis; 
  • Dados dos dependentes; 
  • Cópia da última declaração de Imposto de Renda; 
  • Dados pessoais do contribuinte;
  • Informações da sua conta bancária; 
  • Comprovantes de doações; 
  • Documentos que provem a posição acionária em uma empresa, se o contribuinte obteve um ganho de capital com a venda dos bens e dos direitos. 

Imposto de Renda de Pessoa Jurídica

Prazos

Pessoa jurídica tem a entrega do imposto mensal, trimestral ou anual, o que depende do tipo de arrecadação da empresa, se é referente ao Simples Nacional, ao Lucro Real ou ao Lucro Presumido.

Imposto Retido na Fonte Pagadora

Quando os impostos da pessoa jurídica são retidos na fonte, torna-se desnecessária a sua declaração. 

Sendo assim, no ato de preencher o formulário eletrônico, não existe mais o que ser recolhido ou pago, o que faz com que não necessite estar no formulário da Receita Federal. 

O tipo de imposto recolhido depende da forma como é feita a prestação de serviços da empresa.

Deduções diferenciadas: entenda o que são e como acontecem

Os gastos com a saúde e com os cursos para os funcionários não entram nas deduções, apenas na declaração de pessoa jurídica. 

Contudo, as demais compras para a empresa, que não são retidas na fonte, entram nas deduções, inclusive de outras empresas.

Alíquotas diferenciadas

As alíquotas a serem recolhidas também possuem formas diferentes.

O imposto é cobrado sobre as diferentes formas de lucro: simples, presumido, real e arbitrado.

Para o recolhimento do lucro real, a alíquota estabelecida de IR é 15% sobre o lucro real total da empresa, sendo que: se o lucro mensal exceder R$20.000,00, deverá ser cobrado um valor adicional de 10% sobre o valor que foi excedido. 

No lucro presumido, a alíquota é cobrada sobre o valor do faturamento presumido de acordo com uma tabela, que pode alternar entre 1,6% e 32% do faturamento. Depois, é aplicada uma alíquota de 15%, e um adicional de 10% também poderá ser cobrado nos casos em que o limite for excedido. 

O pensamento é bem simples: se há maior quantidade de ganhos e de funcionários, certamente a empresa pagará mais.

Dispensados de declarar: quais as condições?

As pessoas jurídicas podem se beneficiar da isenção caso sejam instituições de caráter filantrópico, recreativo, cultural ou científico. 

Associações civis que prestem os serviços para a sociedade, respeitando os objetivos para as quais foram instituídas e desde que estejam à disposição do grupo de pessoas a que se destinam, sem fins lucrativos, também se beneficiam. 

Caso a empresa possua débitos com a Receita em discussão judicial e se os créditos relacionados aos títulos judiciais já foram executados pelo Poder Judiciário, ela também se beneficia.

Documentos necessários para fazer a declaração do Imposto de Renda

ECF — Escrituração Contábil Fiscal: é um documento anual equivalente a uma declaração de Imposto de Renda para pessoas jurídicas. Foi criada para substituir a DIPJ — Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica. No preenchimento da ECF, a empresa vai discriminar todos os dados econômicos e fiscais do ano que está sendo apurado;

DCTF — Declaração de Créditos e Débitos Federais: é a obrigação mensal das empresas e serve para declarar os dados a respeito de vários tributos e contribuições;

DIRF — Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte: é feita pela FONTE PAGADORA, ou seja, quem efetua pagamentos e retém imposto de renda na fonte.

Não se preocupe, a Dynnamik vai ajudar você com a declaração!

Precisa enviar a declaração de Imposto de Renda 2022, seja pessoal ou da sua empresa, e está com dúvidas sobre como fazer? 

A Dynnamik Contabilidade e Auditoria pode ajudar nesse processo com total eficácia e rapidez. Afinal, somos especialistas em consultoria e revisão tributária.

Assim, vamos ajudar com a sua declaração do IR 2022, e também oferecer diversos benefícios, como um planejamento tributário eficiente, a redução de carga tributária sem burocracia, e muito mais.

Entre em contato conosco agora mesmo e conheça de perto todos os benefícios de contar com o nosso suporte. Para falar com um de nossos especialistas, basta clicar no ícone do WhatsApp.

Aguardamos o seu contato!

Contar com o auxílio de um profissional para realizar a declaração do meu IR 2022!

5/5 - (1 vote)
Summary
IR 2022: fique por dentro das diferenças entre empresas e pessoas físicas
Article Name
IR 2022: fique por dentro das diferenças entre empresas e pessoas físicas
Description
Leia nosso artigo e confira todas as diferenças entre o IR 2022 de empresas e pessoas físicas e saiba quais critérios exigidos para você.
Author
Publisher Name
Dynnamik Contabilidade e Auditoria
Publisher Logo

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Entenda O Que E O Pedido De Viabilidade Blog - Dynnamik Contabilidade e Auditoria

Tem dúvidas na hora de fazer um pedido de viabilidade?

Não passe mais por empecilhos na hora de realizar o pedido de viabilidade Aprenda sobre o pedido de viabilidade e como realizá-lo Um negócio faz com que certas situações sejam analisadas com o objetivo de averiguar a realidade da qual

Tenha Mais Seguranca Ao Escolher O Regime Tributario Ideal Para O Seu Negocio Blog - Dynnamik Contabilidade e Auditoria

Regime tributário: entenda qual é o ideal para sua empresa

Tenha mais segurança ao escolher o regime tributário ideal para o seu negócio Preparamos um artigo que vai ajudar você a conhecer o regime tributário ideal para o seu empreendimento Uma das principais dúvidas tidas por empresários e por gestores

Descubra Agora Mesmo Quanto Custa Para Abrir Uma Empresa Em Sao Paulo Blog - Dynnamik Contabilidade e Auditoria

Quanto custa abrir uma empresa?

Saiba quanto custa abrir uma empresa em São Paulo Confira, neste artigo, todos os detalhes referentes aos custos para abertura de empresa no estado de São Paulo.  Empreender no Brasil tem se tornado algo cada vez mais frequente, principalmente após

Saiba Agora Se E Possivel Realizar O Parcelamento De Imposto De Renda Blog - Dynnamik Contabilidade e Auditoria

Parcelamento de Imposto de Renda: podemos fazê-lo?

Será que podemos realizar o parcelamento do Imposto de Renda? No artigo de hoje, trouxemos informações importantes que vão ajudar você a saber mais sobre a possibilidade do parcelamento do seu Imposto de Renda Você precisa realizar o parcelamento do

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Como realizar uma declaração do Imposto de Renda? O IR…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top